OkTuga: 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais

5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais

Saiba sobre 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais. aqui você vai encontrar 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais.

Dicas 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais para você

Se você estiver com problemas para criar uma lista de despesas mensais, este artigo é para você. E, durante nossa produção, usamos uma "fórmula" muito comum e muito citada entre vários consultores financeiros.

É uma fórmula que parece difícil de usar, mas é muito prática e pode lhe dar uma maneira importante de ter uma vida equilibrada, com hábitos saudáveis.



do seguinte modo:

55% em despesas fixas
10% aposentado
10% para emergências
10% para educação
15% por prazer
Neste orçamento, quanto é necessário para se aposentar? 10% do seu salário.

Bem, se nosso público está concentrado (pessoas de 20 a 30 anos), ainda não pensamos no salário dessas pessoas.



Então você terá que criar suas próprias contas, com base em sua renda, e rever esta lista de despesas mensais.

É bom?

Valerá R $ 1.000 por mês para usar essa fórmula? Isso é o que vamos descobrir!



Antes disso, falaremos brevemente sobre os tópicos mencionados, não. No final, quais são as despesas fixas, a reserva de emergência, o que é adequado para educação e recreação?

Despesas mensais [5 tópicos]
No início deste artigo, falamos sobre audácia.

E é verdade, você sabe por quê? Porque nos atrevemos a tocar em um ponto muito criticado pelas pessoas: os percentuais relacionados à sua renda.



As pessoas dirão: "Uma universidade no Brasil custa cerca de mil reais por mês - além de gastar em livros, cursos e mensalidades".

E: "Logo, esta fórmula não daria para pagar uma universidade".

OK, não há problemas.

Todo mundo tem direito a uma opinião. Até porque nossa intenção é refletir sobre o assunto, levando em conta que a dúvida geral é "quanto investir para se aposentar".

E é para tentar entender essas questões que publicamos este material.

Bem, antes de nos criticar ou nos jogar muitas pedras, vamos entender quais são essas despesas e como elas devem ser separadas, através da lista de despesas mensais, ok?

Então, no final disso, digamos se é possível usar essa fórmula.

1 - Despesas fixas
Despesas fixas são aquelas que, como o nome indica, são fixas, não.

Mas se você comprar um tênis de 800 reais no cartão de crédito, em 10 pagamentos mensais, você não precisará considerar isso como uma despesa fixa, porque uma hora terminará.

Como definir uma despesa fixa então?

Considerando que deve ser "perpétua".

Embora o termo "perpétuo" seja forte, a idéia é simplesmente que: o gasto fixo é o gasto que é importante para sua sobrevivência e que durará, pelo menos, vários anos.

Uma conta de energia e água é algo que se encaixa muito bem nisso, não é?

A partir daí, também se pode pensar em outras contas mensais e correntes, como a conta do celular, o número de telefone, a Internet, a assinatura da TV, a lista de supermercados, o contrato médico.

Esta é a primeira lista de despesas mensais que pensamos.

Ah, e na fórmula, um tópico de "saúde" não foi criado, então devemos acreditar que serão custos fixos, você está bem?

E embora isso não seja tão comum entre os analistas, podemos incluir financiamento aqui - tanto em veículos quanto em imóveis.

Então chegamos à conclusão de que as despesas fixas nunca vão mudar, não é mesmo?

A verdade não! Isso muda sim, mas são despesas que, você sabe, sempre existirão, entende?

As despesas fixas são muito altas?
Então podemos tirar algumas conclusões daqui.

A primeira é que os custos fixos podem mudar, mas não muito. No máximo, eles serão submetidos a ajustes e impostos anuais.

E assim, em média, você saberá quanto tem despesas fixas.

Então voltamos rapidamente para a fórmula, que diz que 55% do salário total deve ser para despesas fixas.

Mas suponha que você tenha uma renda de R $ 2.000 e gasta mais de 55% desses custos importantes em sua vida.

E agora, o que fazer?
Não há solução melhor do que poupar dinheiro com despesas fixas, especialmente despesas domésticas.

Leia também - 10 dicas para economizar nas despesas domésticas.

Há várias coisas que você pode fazer: reduzir o consumo de energia e água, ter um plano mais específico para sua televisão, seu telefone e sua conexão com a Internet.

Embora muitas pessoas considerem a saúde muito importante, nem sempre é possível reduzir essas despesas.

O mais importante é entender que, se você tem uma despesa fixa maior que 55%, é muito provável que você esteja vivendo acima do seu padrão de vida - o qual você deve respeitar.

Sempre dê para economizar com isso e temos um índice de ouro: geralmente, o que mais consome os rendimentos dos brasileiros em custos fixos é um financiamento de longo prazo: quanto às casas.

Portanto, esteja ciente disso e use a lista de despesas mensais na prática.

Reduzir ou reduzir despesas e reduzir o padrão de vida é o segredo para o sucesso das despesas fixas, está tudo bem?

Isso será importante para o próximo ponto, já que estamos pensando em quanto investir para se aposentar, ok?

2 - A aposentadoria
Bem, vamos embora: aposentadoria.

Quanto investir para se aposentar? Atingimos uma média de 10% de sua renda.

Mas por que separar esse dinheiro para esse propósito é tão importante?

Hoje, o Brasil e o mundo viveram uma realidade um pouco diferente da anterior: as pessoas estão mais livres do trabalho árduo da CLT (responsabilidade pelo direito do trabalho).

Isso significa que ter um portfólio de empregos é ruim?

Não é isso!

O fato é que mesmo aqueles que têm esse direito, o da seguridade social, acabam se machucando quando atingem a velhice, a aposentadoria.

Se você é um trabalhador com mais de 40 anos e passou a maior parte de sua vida pagando impostos, você deve ser P de vida, porque o governo que aprova a reforma da seguridade social não o faz.

Nós não defendemos nenhum dos lados, mas você deve notar que você não receberá quase tudo que você merece de sua aposentadoria.

E para piorar as coisas, mais informações: na idade da velhice, as contas se tornam caras.

O acordo médio é alarmante, além disso, há gastos com drogas, transporte mais confortável e alimentos mais restritos.

Se a despesa sobe e o aluguel cai, é óbvio que a pensão do governo irá falhar e deixar o pior.

É por isso que insistimos que você economize pelo menos 10% do seu salário, se quiser saber quanto precisa investir para se aposentar.

Assim, a aposentadoria deve ser incluída na sua lista de despesas mensais.

Onde investir para o longo prazo
Bem, se você entende que tem que criar sua própria aposentadoria e não ficar à mercê do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), então você tem que começar a pensar em um investimento de longo prazo.

Se você tem mais de 40 anos, você deve pensar em algo que não é tão longo, certo?

Em seguida, outra suposição: se você ganhar 1.500 reais líquidos por mês, deverá investir pelo menos 150 reais pensando apenas na aposentadoria.

E, supondo que você ainda não tenha nada para fazer uma contribuição inicial e comece com 150 reais, você tem muitas opções.

A solução é estudar os tipos de aplicativos que existem no mercado financeiro. Se pensarmos em longo prazo e segurança.

Temos fundos de investimento com baixa taxa de administração, por exemplo.
Não há solução melhor do que poupar dinheiro com despesas fixas, especialmente despesas domésticas.

Leia também - 10 dicas para economizar nas despesas domésticas.

Há várias coisas que você pode fazer: reduzir o consumo de energia e água, ter um plano mais específico para sua televisão, seu telefone e sua conexão com a Internet.

Embora muitas pessoas considerem a saúde muito importante, nem sempre é possível reduzir essas despesas.

O mais importante é entender que, se você tem uma despesa fixa maior que 55%, é muito provável que você esteja vivendo acima do seu padrão de vida - o qual você deve respeitar.

Sempre dê para economizar com isso e temos um índice de ouro: geralmente, o que mais consome os rendimentos dos brasileiros em custos fixos é um financiamento de longo prazo: quanto às casas.

Portanto, esteja ciente disso e use a lista de despesas mensais na prática.

Reduzir ou reduzir despesas e reduzir o padrão de vida é o segredo para o sucesso das despesas fixas, está tudo bem?

Isso será importante para o próximo ponto, já que estamos pensando em quanto investir para se aposentar, ok?

2 - A aposentadoria
Bem, vamos embora: aposentadoria.

Quanto investir para se aposentar? Atingimos uma média de 10% de sua renda.

Mas por que separar esse dinheiro para esse propósito é tão importante?

Hoje, o Brasil e o mundo viveram uma realidade um pouco diferente da anterior: as pessoas estão mais livres do trabalho árduo da CLT (responsabilidade pelo direito do trabalho).

Isso significa que ter um portfólio de empregos é ruim?

Não é isso!

O fato é que mesmo aqueles que têm esse direito, o da seguridade social, acabam se machucando quando atingem a velhice, a aposentadoria.

Se você é um trabalhador com mais de 40 anos e passou a maior parte de sua vida pagando impostos, você deve ser P de vida, porque o governo que aprova a reforma da seguridade social não o faz.

Nós não defendemos nenhum dos lados, mas você deve notar que você não receberá quase tudo que você merece de sua aposentadoria.

E para piorar as coisas, mais informações: na idade da velhice, as contas se tornam caras.

O acordo médio é alarmante, além disso, há gastos com drogas, transporte mais confortável e alimentos mais restritos.

Se a despesa sobe e o aluguel cai, é óbvio que a pensão do governo irá falhar e deixar o pior.

É por isso que insistimos que você economize pelo menos 10% do seu salário, se quiser saber quanto precisa investir para se aposentar.

Assim, a aposentadoria deve ser incluída na sua lista de despesas mensais.

Onde investir para o longo prazo
Bem, se você entende que tem que criar sua própria aposentadoria e não ficar à mercê do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), então você tem que começar a pensar em um investimento de longo prazo.

Se você tem mais de 40 anos, você deve pensar em algo que não é tão longo, certo?

Em seguida, outra suposição: se você ganhar 1.500 reais líquidos por mês, deverá investir pelo menos 150 reais pensando apenas na aposentadoria.

E, supondo que você ainda não tenha nada para fazer uma contribuição inicial e comece com 150 reais, você tem muitas opções.

A solução é estudar os tipos de aplicativos que existem no mercado financeiro. Se pensarmos em longo prazo e segurança.

Temos fundos de investimento com baixa taxa de administração, por exemplo. Gostou do 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais compartilhe com seus amigos essas dicas sobre 5 tópicos importantíssimos para separar uma lista de gastos mensais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário